Menu

Atendimento

Terapia Individual

Cada pessoa tem sua própria razão para buscar ajuda profissional. Muitos buscam terapia quando estão enfrentando um momento difícil, seja por conta de uma separação eminente ou recente, uma decisão que precisa tomar ou implementar, uma perda difícil de enfrentar, entre outras. Também buscam terapia pessoas encaminhadas por psiquiatras devido a depressão, TOC, entre outras questões. Da mesma forma que a adolescência, a proximidade da meia idade pode estimular a ida ao trabalho individual também.

Algumas pessoas buscam ajuda por não entender a razão de seu mau humor, vazio ou seu sofrimento sem causa objetiva. Mesmo não existindo uma razão específica, ou seja, um evento disparador, a pessoa pode não conseguir identificar uma razão agradável para viver.

Na maioria das situações, a pessoa está em contato com uma dor pessoal que precisa de cuidados. Depois que a queixa inicial perde sua importância, alguns deixam o processo, enquanto outros continuam para descobrir e entender o que existe em si que precisa ser desbravado; essa também é uma razão comum para buscar a terapia: o autoconhecimento. Outras pessoas buscam ajuda para resolver traumas ou apenas para entender seus bloqueios ou seu funcionamento nas relações; com o tempo descobrem que além desse objetivo precisam incluir a decisão de rever seus referenciais e mudar.

Atualmente a busca da educação emocional ou mesmo o interesse em aprender sobre si para proporcionar uma boa educação aos filhos tem trazido pessoas ao consultório; da mesma forma razões profissionais estimulam a busca de terapia, principalmente por conta da mudança das expectativas das empresas que selecionam principalmente as pessoas que demonstram ter inteligência emocional. Em muitos casos, a percepção de que não se consegue confrontar a vida ou o outro em sua vida também tem estimulado a busca pela ajuda – afinal de contas, aquele que não consegue se colocar na vida com assertividade tem muito a perder.

O atendimento individual é feito em sessões semanais de 50 minutos e pode ser breve, se pontual, ou seja, quando está ligado a um tema específico que ao ser resolvido fecha o processo. No entanto, na sua maioria o atendimento individual, acontece durante um período mínimo de um ano quando pode ser feita uma reavaliação.

A abordagem que utilizo contempla os três vértices do triângulo de mudança: pensar, sentir e agir:

– Pensar: além de estar centrada no discurso, ou seja, acontecer através da interação terapeuta/cliente, com a compreensão dos sistemas relacionais e, a depender da disponibilidade do cliente, posso também utilizar a Hipnoterapia para reformulação de crenças (pensamentos).

– Agir: mudanças de comportamento podem ser estimuladas e acontecer através de tarefas associadas a abordagem didática da Análise Transacional.

– Sentir: as técnicas corporais da Análise Bioenergética e da S.E. Experiência Somática para Tratamento do Trauma, com a aquiescência do cliente a cada vez, contemplam o contato com o sentir e a descobertas das emoções.

Além de tarefas para casa também posso utilizar devoluções (verbais ou escritas), que propostas ao final da sessão são discutidas apenas na sessão seguinte.

Uma vez que uso abordagem sistêmica posso sugeri a vinda de algum membro da família para a sessão individual do cliente, com a sua concordância.

Percebo que o processo terapêutico avança significativamente quando a pessoa faz antes o curso Educação Relacional. Acontecem inclusive situações em que apenas o curso é suficiente.

2 Depoimentos

17/12/2011 – Tenho formação médica e já tive oportunidade de conhecer o trabalho de Sonia Nemi e, por diversas ocasiões, pude testemunhar sua grande capacidade técnica, pautada em conhecimentos científicos tradicionais, na Física Quantica e em sua grande capacidade de passar todos estes conhecimentos de uma maneira didática e agradável.

eduardo costa

17/12/2011 – RECONHECIMENTO DO CORAÇÃO:

Agradeço a você, Sônia, por ter me tirado do mundo das perguntas absurdas e inférteis. Agradeço por ter posto em mim o desejo de sair das margens convencionais da razão e adentrar os controversos e belos caminhos da sabedoria. Agradeço por me filiar ao seu coração de mãe, assumindo-me como filha rebelde, que merece carinho para aprender a lição necessária. Agradeço por ter olhado sem pressa para a pintura da minha vida e nela ter reconhecido traços que mereciam mais amor.

Agradeço por ter visto os jardins escondidos na minha alma, e por tê-los feito florir, pela força de um plantio na terra da realidade. Agradeço por me ajudar a revelar a sabedoria que reside em meu ser. Por ter-me feito aventurar nas sementes que há em mim, que aceitam a morte para que nasça a sua beleza. Agradeço por ter-me devolvido meu pai, seu imenso amor e dedicação. Sua vida marcada pelo enorme carinho que me ensinou tanto e que eu não conseguia ver. Agradeço por amá-lo agora, como nunca pensei que poderia.

Agradeço por ter-me aproximado de minha mãe de forma sadia e amorosa. Pela libertação da doença, para o resplandecer da cumplicidade e do amor. Agradeço pela compaixão que pude sentir por ela.

Agradeço por você ter me arrancado de minhas posturas mesquinhas e visões de superfície. Agradeço pela herança! Herança humana, prática, filosófica e espiritual. Agradeço por ter me visto do coração e assim fazer a minha história ser diferente. Eu continuarei na vida, minha querida amiga, clarificada pelas riquezas que já foram suas e que agora também são minhas. Entregues pela sua enorme generosidade.

Quando tudo pareceu irremediavelmente perdido em minha vida, eu encontrei você! De forma surpreendente, você me amou, desde o início. Chorou e sorriu comigo. Semeou-me de sonhos e esperanças viáveis de uma vida melhor e mais feliz. Direcionou os meus olhos e os meus passos para um lugar além, mais profundo e verdadeiro, mais bonito, e me ensinou a construir um novo jardim em meu coração, que ramificou e floresceu nos territórios de minha alma. Que me trouxe novos aromas e cores mais suaves. Um jardim onde aprendi a paciência e o tempo das esperas, onde cada coisa tem o seu momento para florescer. Lugar onde a vida me recriou, como se um movimento materno me reconduzisse ao ventre, tecendo-me de novo, lapidando-me, livrando-me dos excessos. Um lugar onde vivi o itinerário do meu florescimento humano. Um jardim onde eu pude recomeçar!

Com muito amor, Soraia Guimarães.
Adaptado de Tempo de Esperas de Padre Fabio de Melo.

soraia guimarÃes